Pesquisadores franceses participam de Colóquio ‘Arquivos, Memória e Sociedade’ na COC

09/08/2022

A Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), o Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) promovem, dia 26 de agosto, a partir das 9h45, o colóquio ‘Arquivos, Memória e Sociedade’, que acontece presencialmente, no Salão de Conferências do Centro de Documentação e História da Saúde (CDHS), em Manguinhos (RJ). 

O evento recebe os pesquisadores franceses Agnès Magnien, Pascal Cesaro e Catherine Gonnard, que promoverão uma discussão sobre a reutilização de fontes audiovisuais, as migrações entre diferentes mídias e o valor associado a esses arquivos e seus circuitos de transmissão e recepção. As palestras serão realizadas em francês e contarão com tradução simultânea. 

Os interessados em participar do colóquio devem enviar e-mail para ppgpatrimonio@fiocruz.br, informando nome completo e número de RG ou CPF, indicando no assunto "Arquivos Memória e Sociedade". As inscrições estão sujeitas à lotação do local. O evento contará com transmissão ao vivo pelo canal da VídeoSaúde no YouTube

Inspetora Geral de Assuntos Culturais do Ministério da Cultura da França, Agnès Magnien ministrará a palestra ‘Os arquivos no centro das questões de identidade, imediatez e memória’. Já Pascal Cesaro, professor Associado de Estudos Cinematográficos na Universidade de Aix-Marseille, abordará o tema ‘Arquivos audiovisuais e seus reusos: da pesquisa à criação de uma representação contemporânea da epidemia da Aids’.

A programação conta também com apresentação ‘Trabalhar como documentalista no Instituto Nacional do Audiovisual: ver televisão, escutar rádio... Por quais memórias e que usos?’, por Catherine Gonnard, jornalista especializada em arquivos audiovisuais. Os debates serão mediados por Luciana Heymann, pesquisadora da Casa; Ana Paula Goulart, professora da UFRJ; e Igor Sacramento, pesquisador do Icict.

O evento é organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Preservação e Gestão do Patrimônio Cultural das Ciências e da Saúde da COC, Programa de Pós-Graduação em Informação e Comunicação em Saúde do Icict e pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura da UFRJ. 

O colóquio acontece no âmbito do projeto de pesquisa ‘Arquivos, Mídia, Imagem e Sociedade’, conhecido como AMIS (“amigos”, em francês), que reúne diversas instituições brasileiras e francesas das áreas de comunicação, história e ciência da informação, entre as quais a Casa e o Icict. Também no âmbito do projeto está previsto um encontro científico das equipes francesa e brasileira envolvidas na iniciativa nos dias 1 e 2 de setembro na Universidade de São Paulo (USP).

“O projeto apresenta tanto uma dimensão da pesquisa básica como uma dimensão mais prática, voltada para o desenvolvimento de ferramentas capazes de ampliar o entendimento desses acervos documentais e auxiliar pesquisas futuras”, destacou Luciana Heymann.

 

Saiba mais sobre os palestrantes:

Agnès Magnien: Inspetora Geral de Assuntos Culturais do Ministério da Cultura da França desde setembro de 2021. Formada pela Escola Nacional de Chartes como arquivista-paleógrafa, foi Diretora dos Arquivos Departamentais de Seine-Saint-Denis (1994-1999); Vice-Diretora Geral do Departamento de Seine-Saint-Denis (2000-2008), Diretora do Arquivo Nacional da França (2011-2014) e Diretora de Coleções no Instituto Nacional do Audiovisual (2014-2021).

Pascal Cesaro: Professor Associado de Estudos Cinematográficos na Universidade de Aix-Marseille e realizador de documentários. Investigador no Laboratório PRISM - Percepção Representações Imagem Som Música (Universidade de Aix-Marseille), questiona o uso do filme como ferramenta de pesquisa nas Ciências Humanas e Sociais. Desenvolve projetos de investigação-ação sobre práticas cinematográficas colaborativas e acerca de maneiras de filmar o trabalho, nomeadamente no universo da saúde.

Catherine Gonnard: Jornalista e ensaísta francesa, especializada em literatura, história da mulher e homossexualidade feminina. Especializada em arquivos audiovisuais, é documentarista do INA (Instituto Nacional do Audiovisual) e participa do projeto "Genrimages: representações sexuais e estereótipos na imagem", do Centro Audiovisual Simone de Beauvoir. É autora, com Élisabeth Lebovici, do livro Femmes artistes/artistes femmes (2007).


Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir