Ir para o conteúdo

Hotsite destaca requalificação do núcleo histórico da Fiocruz

22/06/2022

Iniciativa apresenta exposição e novos usos de edifícios centenários da instituição, localizados no campus de Manguinhos, no Rio de Janeiro 

Foto: Jeferson Mendonça

Duas meninas e um menino ao redor de uma mesa interativa. Todos usam máscaras. Ao fundo, painéis coloridos.

A nova exposição de longa permanência Vida e saúde: relações (in)visíveis, do Museu da Vida Fiocruz, sediada no prédio da Cavalariça, no campus de Manguinhos, zona norte do Rio, conta agora com um espaço virtual que reúne detalhes sobre a mostra e acerca do Plano de Requalificação do Núcleo Histórico de Manguinhos (Nahm), do qual é parte integrante. 

Intitulado Fiocruz História Viva, o hotsite reúne informações sobre a iniciativa homônima, que agora reabre a Cavalariça à visitação e entrega à sociedade uma nova mostra do Museu da Vida Fiocruz. Por meio de textos e fotos, o hotsite apresenta a exposição, uma viagem pela multiplicidade do conceito de vida e saúde, onde são destacadas as suas diferentes dimensões: biológica, social, ambiental e cultural. Além disso, detalha a organização da mostra, criada para oferecer ao público uma experiência interativa e inclusiva sobre o tema, e discorre sobre as características da Cavalariça, prédio tombado pelo Iphan em 1981.  

A edificação, construída ao estilo das estrebarias inglesas, com gradis de inspiração art nouveau, tijolos de Marselha, tem um pé direito de até 10 metros no salão das cocheiras, onde os 14 módulos de Vida e saúde: relações (in)visíveis convidam o público a conhecer o conceito de saúde em suas diferentes escalas, da microbiologia à saúde como fenômeno social. 

O edifício histórico, simbólico para a história da saúde pública no Brasil, por ter sediado parte do processo da nascente produção de soros e vacinas no país, foi inteiramente restaurado e passou a contar com modernos sistemas de climatização, de combate e detecção de incêndio, monitoramento por circuito fechado de televisão e sistema de proteção contra descargas elétricas. 

Sobre o Plano de Requalificação do Núcleo Arquitetônico Histórico de Manguinhos (Nahm), o hotsite traz informações sobre os prédios do conjunto original do Instituto Soroterápico Federal, embrião da Fiocruz, erguidos entre 1904 e 1922, e traça os eixos temáticos do plano, que estabelece novos usos para edificações e áreas urbanas do núcleo arquitetônico histórico e amplia o circuito de visitação do Museu da Vida Fiocruz, criado, em 1999, como parte da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz). 

Por meio do plano, a Fiocruz expressa o empenho em estender o diálogo com a população e a cidade, através da expansão de suas atividades socioculturais, de divulgação científica e de educação em ciências, tecnologia e saúde. Além disso, busca aumentar a capacidade de atendimento ao público e garantir recursos para a preservação das edificações históricas. 

O hotsite Fiocruz História Viva é um produto patrocinado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, TechnipFMC e JSL, com Gestão Cultural da SPCOC e realização do Museu da Vida Fiocruz, Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS. 


Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir