Ir para o conteúdo

Memória institucional e desafios da contemporaneidade é tema do 4º Fórum Fiocruz de Memória

20/06/2022

O 4º Fórum Fiocruz de Memória (Fofim) aborda em 28 de junho o tema Memória institucional e desafios da contemporaneidade. Esta edição será realizada em formato híbrido. Pela manhã, as atividades acontecem no Centro de Documentação e História da Saúde (CDHS) e terão transmissão ao vivo pelo Facebook da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz). À tarde, o público deverá acessar a plataforma Zoom para participar do evento, que acontece desde 2018. 

“Os desafios [de que trata o tema deste ano] se fazem presentes desde a apropriada identificação e tratamento dos acervos, à conservação dos suportes documentais nos quais as informações – subsídios aos trabalhos com memória – possam se manter acessíveis no tempo”, explica a pesquisadora Aline Lopes de Lacerda, responsável pela organização da nova edição do evento.

“Além da necessária gestão do patrimônio histórico e cultural das instituições, “o recente contexto de emergência sanitária [da Covid-19], para uma instituição protagonista no campo da saúde pública como a Fiocruz, nos faz refletir sobre as formas de produção e seleção do que é considerado registro relevante para marcar essa trajetória em tempos excepcionais”, acrescenta a historiadora da Casa.

A programação incluirá a exibição do vídeo-poema “A arte de existir para resistir”, de Ana Beatriz Inácio Bilheiro Pontes, vencedor da Mostra Cultural de Fotografia e Poesia “Olhares sobre o Patrimônio Fluminense”, ocorrida na Semana Fluminense do Patrimônio 2021, na parte da manhã. O 4º Fofim apresentará também o filme “Cavalariça da Fiocruz: patrimônio da ciência brasileira”, dirigido por Cristiana Grumbach. Em seguida haverá uma mesa redonda sobre o tema Desafios contemporâneos para a valorização da memória institucional, com a participação da pesquisadora Simone Kropf (COC/Fiocruz) e da historiadora com especialização em arquivologia Silvana Goulart.

Com transmissão exclusiva pelo Zoom, à tarde, o Fofim será dedicado aos projetos contemplados no edital de memória institucional 2020. A pesquisadora Aline Lopes de Lacerda ressalta a participação de outras unidades da Fundação. “Os projetos tiveram como objetivo elaborar produtos cujos conteúdos sistematizam informações sobre trajetórias institucionais das diversas unidades da Fiocruz, seus acervos, além de personagens que contribuíram para a construção da instituição ao longo de seus mais de 120 anos”, conclui Aline.

Programação:

Manhã (Transmissão: Facebook)

Apresentação: Aline Lacerda
9h - Exibição do vídeo-poema A arte de existir para resistir, de Ana Beatriz Inácio Bilheiro Pontes, vencedor da Mostra Cultural de Fotografia e Poesia “Olhares sobre o Patrimônio Fluminense” da Semana Fluminense do Patrimônio 2021. 
Por Letícia Guimarães (COC).

Mesa de abertura

Nísia Trindade Lima, Presidente Fiocruz
Jandira Feghali, Deputada Federal
Cristiani Machado, Vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação/Fiocruz
Marcos José de Araújo Pinheiro, Diretor COC

9h20 - Exibição do filme Cavalariça da Fiocruz: patrimônio da ciência brasileira, de Cristiana Grumbach. 
Apresentação de Renato Gama-Rosa (COC).

10h - Mesa redonda: Desafios contemporâneos para a valorização da memória institucional
Silvana Goulart (Grifo Projetos Históricos e Editoriais) – A dispersão do patrimônio documental público e privado: um futuro sem memória?
Simone Kropf (COC) – Memória em ação: a Fiocruz em tempos de urgência
Mediação: Érica Loureiro

11h - Debate com a mesa

11h45 - Pausa para o almoço 

Tarde (Transmissão pela plataforma Zoom)

13h30 - Painel Resultados dos projetos contemplados no edital de memória institucional 2020 
Coordenação: Aline Lacerda

13h45 - Projeto Construção da Linha do Tempo da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Rita Mattos/ENSP)

14h - Projeto Dicionário Biobibliográfico dos Cientistas da Fiocruz (Claudete Fernandes de Queiróz/ICICT)

14h15 - Projeto Lugares de Memória: história e vida dos trabalhadores técnicos da Fiocruz (Renata Reis/ESPJV)

14h30 - Projeto Fiocruz Minas, Patrimônio do Brasil - História, Memória, Ciência e Sociedade (Roberto Sena/IRR)

14h45 - Projeto Vidas partilhadas: Zilton e Sonia Andrade na Fiocruz Bahia (Ulla Macedo Romeu/IGM)

15h - Projeto Patrimônio fotográfico: o Instituto Aggeu Magalhães da Fundação Oswaldo Cruz em imagens (Silvia Bezerra/IAM)

15h15 - Projeto Fiocruz Rondônia: histórias de vidas dedicadas à Ciência na Amazônia (José Gadelha/Fiocruz Rondônia) 

15h30 - Roda de conversa: debate sobre os desafios da execução de projetos de memória institucional.
Mediação: Aline Lacerda

16h30 - Encerramento


Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir