Ir para o conteúdo

Pesquisa em seres humanos é tema de peça no Museu da Vida

29/03/2011

A pesquisa científica com seres humanos, um tema que incita a reflexão e o debate, é o foco da peça "Sangue Ruim", que estréia nesta sexta-feira, dia 1º de abril, às 14 horas, no palco do Ciência em Cena do Museu da Vida, no Museu da Vida, que fica no campus da Fiocruz, em Manguinhos.

 

 

foto_teatro
Paula Alexander, no papel de Clare, e Izak Dahora, como Patrice. Foto: Roberto
Jesus Oscar

No palco, a história de Clare e Patrice. Ela é uma pesquisadora inglesa bem estabelecida, que coordena um estudo na África com mulheres grávidas portadoras do vírus causador da Aids. Patrice é um jovem africano que pede que a cientista o ajude a praticar inglês para estudar nos Estados Unidos. O contraste entre as origens e a trajetória dos personagens serve de base para a narrativa. A peça fica em cartaz de terça a quinta-feira, em dois horários: 10h30 e 13h30. A entrada é gratuita.

O texto foi escrito por Paul Sirett, da companhia britânica Theatrescience. A versão brasileira é uma realização do Museu da Vida e é dirigida por Wanda Hamilton. Conta com Paula Alexander, no papel de Clare, e Izak Dahora, como Patrice.

Mais informações pelo telefone: 3865-2193 ou através do e-mail recepcaomv@coc.fiocruz.br


Serviço

Peça - Sangue Ruim

Horário - terças e quintas: às 10h30 e 13 horas. Entrada gratuita.

Atores - Paula Alexander e Izak Dahora

 

Direção - Wanda Hamilton

Museu da Vida - Av. Brasil, 4.365, em Manguinhos.


Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir