Ir para o conteúdo

O Alufá Rufino: tráfico, escravidão e liberdade no Atlântico Negro

18/03/2011

 

Especialistas em história da escravidão no Brasil, os historiadores João José Reis e Flávio dos Santos Gomes apresentarão no Encontro às Quintas aspectos da biografia de Rufino José Maria a partir de uma abrangente análise do contexto histórico do Brasil e da África no século XIX. É uma história de escravos, do tráfico e de suas atrocidades.

 

Nascido no antigo reino africano de Oyó, escravizado na adolescência por um grupo étnico rival, adquirido por traficantes brasileiros e levado para Salvador da Bahia, Rufino teve uma vida plena de aventuras e desventuras por mar e terra. Após conseguir sua alforria, tornou-se cozinheiro assalariado de navios negreiros e, na maturidade, no Recife, alcançou o posto de alufá, guia espiritual da comunidade de negros muçulmanos.

 

João José Reis é professor da Universidade Federal da Bahia e autor de "Rebelião escrava no Brasil: a história do levante dos malês" (2003); e Flávio dos Santos Gomes é professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor de "Histórias de Quilombolas. Mocambos e Comunidades de Senzalas no Rio de Janeiro -- séc. XIX (2006).

 

Coordenação do Encontro às Quintas: Marcos Chor Maio

Data: 24 de março de 2011

Horário: 10 horas

Local: sala 407 do Prédio Expansão | Avenida Brasil, 4036 – Manguinhos, Rio de Janeiro

Mais informações: (21) 3882-9095 e historiasaude@coc.fiocruz.br

 


Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir