Profissionais da COC no Abrascão: nota 10!

01/08/2018

O time de mais de  70  profissionais da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz) foi fundamental  em um dos mais importantes fóruns científicos do mundo, o Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva – Abrascão. Divididos entre as atividades de atendimento ao público, logística, manutenção, recepção e monitoria, os profissionais fizeram a diferença e deram um show de simpatia e hospitalidade aos mais de oito mil participantes do evento. No prédio do Centro de Documentação em História da Saúde (CDHS), na Tenda da Ciência Virginia Schall e no Auditório do Museu da Vida, mais de 65 atividades aconteceram durante os quatro dias de evento, realizado entre 26 e 29 de julho, no campus da Fiocruz, em Manguinhos, no Rio de Janeiro. Leia a matéria sobre os profissinais da COC que apresentaram trabalhos no Abrascão

“O sucesso dessa empreitada não seria possível sem a participação dos voluntários da Casa de Oswaldo Cruz. Em nome da direção da COC, agradeço e parabenizo a todos os profissionais da Casa que fizeram este Congresso acontecer: na realização das mesas redondas e cursos, apresentação de trabalhos científicos e atividades culturais, como exposições e visitas, na participação nos debates, na preparação das instalações e no atendimento às demandas antes e depois do evento”, destacou Paulo Elian. 

O Museu da Vida da COC marcou presença na programação cultural e os monitores estiveram a postos durante todo o evento para atender os participantes, que tiveram a oportunidade de conhecer o Castelo Mourisco, o Parque da Ciência, o Salão de Exposições Temporárias e o Borboletário, entre outras atividades oferecidas. “Foi uma experiência extraordinária atender os congressistas em nossos espaços de visitação, principalmente no Castelo Mourisco, prédio símbolo desta instituição tão comprometida com as questões de Saúde Coletiva, que recebeu cerca de cinco mil pessoas durante os dias de evento”, avaliou Héliton Barros, coordenador do Serviço de Visitação e Atendimento ao Público do Museu da Vida da COC.  Monitora do Museu da Vida, Bianca Reais, que trabalhou no atendimento ao público, contou que os visitantes ficaram impressionados com a beleza dos detalhes do Castelo, com a história da Fiocruz e por conhecer o local onde Oswaldo Cruz trabalhou. “Estou orgulhosa por ter participado deste evento grandioso, em que pude acolher todo o grande público com alegria e satisfação por recebê-los, trabalhando para atendê-los com compromisso, responsabilidade. O resultado deste Abrascão foi extremamente positivo”, disse Bianca. 

As atividades realizadas no CDHS e no Museu da Vida contaram com o apoio de profissionais das áreas de infraestrutura, manutenção, administração e informática. Alessandra Pinho da secretaria executiva da direção deu apoio às atividades realizadas no prédio do CDHS. “Foram quatro dias de intenso trabalho. Mas atender pessoas de diversas partes do Brasil durante este evento tão grandioso foi muito prazeroso e gratificante. Estou muito satisfeita por ter contribuído para o sucesso do Abrascão”, destacou Alessandra. “Nossas equipes ficaram disponíveis para atuar em quaisquer eventualidades no que diz respeito a intervenções civis, de instalações e funcionamento de ar condicionado e elevadores, por exemplo. Para estas atividades, é preciso que estejamos sempre preparados para intervir, e a nossa melhor resposta é quando todo o evento ocorre sem transtornos aos participantes, como foi este ABRASCÃO. Todos os envolvidos estão de parabéns!”, concluiu Vicente Francisco Pinto da Costa, chefe da Serviço de Infraestrutura da COC. 


Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir