Ir para o conteúdo

Encontro às Quintas discute Primeira Guerra Mundial e América Latina

14/11/2017

Thomas Fischer fala durante evento
Thomas Fischer fala durante evento

Professor de História da América Latina e diretor do Centro de Estudios Latinoamericanos na Katholische Universität Eichstätt-Ingolstadt (Baviera, Alemanha), Thomas Fischer é o convidado do próximo Encontro às Quintas. Ministra a palestra “Los "Principales" y los ‘Otros’ - La búsqueda del Brasil por su lugar en el nuevo orden mundial después de la Primera Guerra Mundial”. Por muito tempo acreditou-se que as repercussões da Primeira Grande Guerra na América Latina tenham se limitado ao comércio e ao desenvolvimento econômico. Muitos estudos levaram à ideia de que a América Latina foi marcada pelo conflito de forma duradoura, embora não se possa dizer que a região influenciou a Europa e o mundo naquele período. Graças à comemoração dos cem anos do início do conflito mundial, a historiografia sobre o tema ganhou um novo impulso. 

A guerra produziu a ruptura total com a Europa em termos econômicos e políticos. Em consequência, observou-se a ascensão dos Estados Unidos como investidor e fator de modernização industrial na região. Aumentou o poder do 'Colosso do Norte”, enquanto Alemanha e Inglaterra perderam terreno. Nesse contexto, a autoestima das elites políticas cresceu e surgiu a ideia de representar e construir uma civilização sem o patrocínio europeu. Apesar do declínio da influência europeia, a América Latina não se desconectou totalmente do desenvolvimento internacional e transnacional, como bem se pode ver na atuação dos delegados de países latino-americanos na Liga das Nações, no Pan-americanismo ou nos congressos internacionais de trabalhadores. Editor da coleção americana Eystettensia e presidente da Asociação Alemã de Pesquisa sobre América Latina (ADLAF), Thomas Fischer é lectorships na PUC Rio, na Universidad del Rosario (Bogotá), e na Universidad del Valle (Cali). Escreveu a dissertação “Lost decades – history of Colombian foreign‐led development, 1850 – 1930”

(University of Bern, 1994), e as monografias “Intereses y conflictos en las relaciones europeas y estadounidenses con América Latina, siglo XIX” (Nürnberg 2006), “El comienzo de la construcción de los ferrocarriles colombianos y los límites de la inversión extranjera” (Santafé de Bogotá 2001). Fisher também foi responsável pelos dossiês “La hispanidad en América: la construcción escrita y visual del idioma y de la raza” (revista Iberoamericana, n. 50, 2013) e "Realidad y ficción del narcotráfico en Colombia: análisis historiográficos, socio-económicos y literarios" (revista Iberoamericana, n. 35, 2009). 

Encontro às Quintas

Coordenação: Maria Rachel Fróes da Fonseca

Convidado: Alexandre de Paiva Rio Camargo

Data: 16 de novembro

Horário: 10h

Local: sala 401 - Prédio Expansão

Endereço: Avenida Brasil, 4036 – Manguinhos (Rio de Janeiro-RJ)

Informações: (21) 3882-9095 | E-mail: historiasaude@coc.fiocruz.br


Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir