Ir para o conteúdo

Filantropia laica no início do século 20 é tema de palestra na COC

18/05/2017

Na próxima segunda-feira, 22 de maio, os pesquisadores da Casa de Oswaldo Cruz Gisele Sanglard e Renato da Gama-Rosa realizam a palestra Cultura e Sociedade no Rio de Janeiro: a família Guinle e a modernidade arquitetônica (1920-1924), que servirá de base para uma reflexão sobre a ação da filantropia laica no Brasil nas primeiras décadas do século 20, a partir da relação que se estabeleceu entre a filantropia e a saúde no Rio de Janeiro da Primeira República (1889-1930). A palestra será aberta ao público, em inglês, sem tradução simultânea.

O fio condutor da apresentação serão as ações do industrial carioca Guilherme Guinle (1882-1960) e seu envolvimento na construção do Hospital Gafrée e Guinle, chamando atenção para a relação entre ele, o arquiteto português Adelstano Soares de Mattos Porto d’Ave (1890-1952) e o arquiteto alemão Hugo Häring (1882-1958), em concurso internacional de projetos, mecenato e políticas de saúde pública.

Na ocasião, a COC receberá 10 alunos da Faculdade de História da Arte da Rice University, acompanhados da professora Fabíola Lopez-Duran, que assistirão a palestra e realizarão uma visita guiada ao Conjunto Arquitetônico Histórico de Manguinhos.

Cultura e Sociedade no Rio de Janeiro: a família Guinle e a modernidade arquitetônica (1920-1924)
Horário: 9h30
Local: Av. Brasil, 4036, 4º andar, sala 402, Manguinhos – Rio de Janeiro


Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir