Ir para o conteúdo

Pesquisa em divulgação científica é tema de webseminário na Fiocruz

07/08/2020

Pesquisa em divulgação científica é o tema do webseminário que a Fiocruz promove entre agosto e outubro, com transmissão ao vivo no Facebook da COC. A iniciativa, do mestrado em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde da instituição, integra a série ‘Conexão #emcasa’ e terá sua primeira edição em 17 de agosto, às 10h, com a participação da pesquisadora e professora Maria Ataíde Malcher, da Universidade Federal do Pará (UFPA), que falará sobre “Recepção de temas de ciência: reflexões teórico-metodológicas”. Os mediadores são os professores Flávia Garcia de Carvalho e Marcelo Simão de Vasconcellos.

O evento prossegue no dia 24, quando Tatiane Leal discute o tema “Gênero e Divulgação Científica: (re)pensando metodologias de pesquisa”. Ela é pesquisadora de pós-doutorado do Instituto Nacional de Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia (INCT-CPCT).

Na edição do dia 31/8, os pesquisadores Flávia Garcia de Carvalho e Marcelo Simão de Vasconcellos desenvolvem o tema “Produção simbólica em jogos digitais: análise de discursos de saúde, ciência e tecnologia”. Os dois são doutores em Informação e Comunicação em Saúde e professores do Programa de Pós-Graduação em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde da COC. A programação de setembro e outubro será divulgada em breve.

A série ‘Conexão #emCasa’ tem como objetivo promover palestras, debates e discussões on-line, diante da restrição a atividades presenciais impostas pela pandemia de Covid-19.

Webseminário ‘Pesquisa em Divulgação Científica’

Transmissão: www.facebook.com/casadeoswaldocruz
Horário: 10h
Coordenação: Programa de Pós-Graduação em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde

Programação

17/8

Tema: Recepção de temas de ciência: reflexões teórico-metodológicas
Palestrante: Maria Ataíde Malcher – Universidade Federal do Pará (UFPA).
Resumo: Os estudos latino-americanos de recepção buscam investigar as relações estabelecidas pelos sujeitos com os meios de comunicação, considerando as diversas instâncias envolvidas neste processo, como a produção, a própria recepção, e a circulação de sentidos e significações que ocorrem neste entremeio. A proposta deste seminário não só é a de relembrar os princípios desta área de estudo, mas de trazê-la para o campo da Divulgação Científica e trabalhá-la como perspectiva promissora para o entendimento da circulação de temas de ciência, na sociedade, a partir da mídia e de seus produtos. O enfoque será teórico-metodológico, apontando algumas possibilidades de métodos e técnicas que podem auxiliar em investigações em nível de pós-graduação, mas, não somente, a respeito da recepção de temas de ciência no complexo cenário midiático em que vivemos.

24/8

Tema: Gênero e Divulgação Científica: (re)pensando metodologias de pesquisa
Palestrante: Tatiane Leal – Pesquisadora de Pós-Doutorado do Instituto Nacional de Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia (INCT-CPCT).
Resumo: Muito tem se discutido sobre a participação das mulheres na ciência. Como demonstram os Estudos de Gênero e Divulgação Científica, nossas representações de cientistas são predominantemente brancas e masculinas. Mas, qual é a relação entre gênero e metodologia de pesquisa? Questionando conceitos como objetividade e universalidade, os estudos de gênero evidenciaram relações de poder que atravessaram historicamente a produção científica e propuseram novas epistemologias para fazer e comunicar ciência. Como essas reflexões contribuem para aprimorar métodos e ampliar objetos de estudo? Neste seminário, discutiremos contribuições dos estudos de gênero para (re)pensar metodologias de pesquisa no campo da Divulgação Científica.

31/8

Tema: Apropriações da Comunicação para a análise da produção simbólica sobre saúde, ciência e tecnologia em jogos digitais
Palestrantes: Flávia Garcia de Carvalho e Marcelo Simão de Vasconcellos - Doutores em Informação e Comunicação em Saúde e professores do Programa de Pós-Graduação em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde/COC/Fiocruz
Resumo: Entre as questões de pesquisa sobre a divulgação da ciência, tecnologia e saúde, há aquelas voltadas para a percepção pública desses temas que emerge em diversos produtos culturais, incluindo os jogos digitais. Discutiremos a apropriação de um modelo da Comunicação e de aparatos teóricos e metodológicos da Semiologia dos Discursos Sociais para a formulação de dispositivos de análise de mídias. Partimos do exemplo dos jogos digitais em uma pesquisa sobre produção de sentidos de saúde, fortemente associados à ciência e tecnologia em ambientações de ficção científica.

14/09

Tema: Ciência e teatro: o espectador sob os holofotes
Palestrante: Carla Almeida - Museu da Vida / COC / Fiocruz
Resumo: O seminário abordará as interações entre ciência e teatro e pesquisas recentes que buscam compreendê-las no contexto da divulgação científica. Embora a ciência e o teatro tenham uma relação antiga, observa-se atualmente um interesse particular pelo diálogo entre essas áreas com o intuito de aproximar ciência e sociedade. Se por um lado podemos listar hoje centenas de iniciativas nessa linha, ainda é escassa a literatura no campo. Carla irá compartilhar métodos e resultados de estudos que vêm desenvolvendo com um grupo de estudantes e pesquisadores sobre a temática tendo o teatro do Museu da Vida como objeto de pesquisa. Em consonância com estudos atuais no campo da divulgação científica, que dedicam um olhar mais sofisticado ao público, as investigações em curso se concentram na figura do espectador.

21/9

Tema: Controvérsias da ciência em mídias sociais: possibilidades qualitativas
Palestrante: Marina Ramalho - NEDC/Museu da Vida/COC/Fiocruz
Mediadores: Flávia Carvalho - PPGDC/Fiocruz e Marcelo de Vasconcellos - PPGDC/Fiocruz
Resumo: A apresentação buscará refletir sobre alternativas metodológicas, com abordagens qualitativas, para tratar de controvérsias científicas que circulam nas mídias sociais. 

28/09

Tema: La evaluación en divulgación de la ciencia: opciones metodológicas
Palestrante: María del Carmen Sánchez-Mora Universidad Nacional Autónoma de México
Mediadores: Flávia Carvalho - PPGDC/Fiocruz e Marcelo de Vasconcellos - PPGDC/Fiocruz

05/10

Tema: Museus, ciências e tecnologias: discursos e representações
Palestrante: Sandra Murriello Universidad Nacional de Río Negro, Argentina
Mediadores: Flávia Carvalho - PPGDC/Fiocruz e Marcelo de Vasconcellos - PPGDC/Fiocruz

26/10

Título: Existe um movimento anticiência no Brasil? Estudos de percepção

Palestrante: Yurij Castelfranchi, professor da UFMG

Resumo: Entre os maiores desafios dos divulgadores contemporâneos há o combate às desordens informacionais e aos movimentos de rejeição de evidências científicas. Apresentaremos dados de 30 anos de pesquisas sobre a percepção dos brasileiros sobre ciência e tecnologia para mostrarmos o cenário e a tendência atual das atitudes no país e como este tipo de pesquisa pode ser um instrumento precioso para quem comunica a ciência. E mostraremos que não: não existe um movimento social contra a ciência no Brasil, mas um problema mais complexo, com muitas oportunidades para uma divulgação inovadora. 

Mediadores: Flávia Carvalho (Fiocruz) e Marcelo de Vasconcellos (Fiocruz)


Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir

Compartilhe

Facebook Twitter Whatsapp E-mail Imprimir