Ir para o conteúdo

História das Ciências e da Saúde

A atividade de pesquisa na Casa de Oswaldo Cruz concentra-se no campo da história das ciências e da saúde. A investigação sobre diversos temas relativos à institucionalização da ciência e da saúde no país, bem como às práticas, à produção de conhecimentos e às políticas públicas que conformaram estes campos, desde o período colonial até a contemporaneidade, tem gerado uma vasta produção acadêmica, que constitui importante referência para a área no País, com expressivo reconhecimento internacional.

Nos últimos anos, vem se ampliando o intercâmbio com outros grupos de pesquisa no Brasil e no exterior, em especial com pesquisadores da América Latina e da Europa e da América do Norte, por meio de eventos, publicações e linhas de investigação em parceria.

Diversos pesquisadores do departamento fazem parte de conselhos editoriais de periódicos científicos nacionais e estrangeiros; alguns são editores científicos de editoras ou integram seus conselhos editoriais. O grupo se destaca, ainda, pela participação sistemática nas principais associações científicas da área, como a Associação Nacional de História (Anpuh), Sociedade Brasileira de História da Ciência (SBHC) e Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Anpocs).

Mantendo o compromisso inicial com a preservação da memória da ciência e da saúde brasileiras, a pesquisa histórica desenvolvida na COC tem colaborado para a captação, produção e organização de acervos documentais relativos à trajetória de importantes instituições e personagens da ciência e da saúde no Brasil. Dentre essas iniciativas, destacam-se o Programa de História Oral e as bibliotecas virtuais de cientistas, elaboradas em parceria com o Centro Latino-Americano de Informação em Ciências da Saúde – Bireme/OPAS. Ainda fazem parte das atividades dos pesquisadores a formação e o treinamento de estudantes, bolsistas de projetos de vocação e iniciação científica (Provoc e Pibic), mantidos pela Fiocruz em convênio com o CNPq, a Capes e a Faperj.

Tanto pelas interfaces com a divulgação científica, quanto pela própria atuação acadêmica na área, as pesquisas deste grupo expressam o compromisso social da história em associar a produção de conhecimentos sobre o passado ao debate sobre as questões e desafios da agenda contemporânea da ciência e da saúde pública.

Grupos de pesquisa certificados pelo CNPq

Ciência, saúde e pensamento social
Escravidão, raça e saúde
Estudos históricos e sociais da ciência e da tecnologia
O físico, o mental e o moral na história dos saberes médicos e psicológicos
História do controle do câncer no Brasil
História da medicina e das ciências da vida e relações científicas internacionais
História da medicina e das doenças
História da medicina e da saúde: espaços institucionais e atores
História e políticas de saúde
História, natureza e ciência