Fiocruz promove seminário sobre arquivos das ciências e da saúde

2017-05-31

O seminário Arquivos das Ciências e da Saúde: Políticas, Métodos e Práticas será promovido pela Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), no próximo dia 7 de junho. O encontro – como parte das celebrações pelo Dia Internacional dos Arquivos, no dia 9 - discutirá temas como a gestão de documentos e arquivos, incluindo a digitalização do acervo de negativos em vidro da Fiocruz. Além disso, serão apresentados os primeiros resultados do projeto de pesquisa A Imagem a Serviço do Conhecimento, que tem como objeto de estudo os desenhos científicos de entomologia do Fundo Instituto Oswaldo Cruz (IOC). O seminário será promovido no Prédio Expansão da Fiocruz (avenida Brasil, 4036 - sala 402, em Manguinhos). Os interessados devem se inscrever até o dia 6 de junho pelo e-mail dadcoc@coc.fiocruz.br

Programação

9h30 – Abertura

10h-12h – Mesa-Redonda Projetos e Inovações no DAD

Mediadora: Laurinda Rosa Maciel

Plano de gestão e preservação dos documentos arquivísticos digitais da Fiocruz: coleta de dados nos computadores do Departamento de Arquivo e Documentação – Karina Veras (Serviço de Gestão de Documentos – SGD/DAD)

Apresenta o projeto-piloto para elaboração do Plano de Gestão e Preservação dos Documentos Arquivísticos Digitais da Fiocruz, desenvolvido nos arquivos correntes do DAD com o objetivo de subsidiar a proposta de padronização de procedimentos e identificar ações a serem tomadas para manter os documentos autênticos, confiáveis e acessíveis pelo tempo necessário.

Gestão de documentos na Fiocruz – Maria da Conceição Castro (SGD/DAD)

Aborda alguns aspectos que constituem a gestão de documentos e arquivos na instituição, procurando explicitar o que é, para que serve, como é feita e qual sua importância para o bom desempenho da Fiocruz.

Digitalização do acervo de negativos de vidro do Instituto Oswaldo Cruz – Aline Lacerda (DAD)

Apresentação da experiência do Departamento de Arquivo e Documentação da COC no projeto de digitalização de negativos em vidro e em ações de divulgação desse acervo digital.

Projeto de pesquisa A Imagem a Serviço do Conhecimento – Regina Marques (Serviço de Arquivos Históricos – SAH/DAD)

Apresenta os resultados até agora alcançados da pesquisa em curso que tem por objeto os desenhos científicos de entomologia do fundo Instituto Oswaldo Cruz. Configurada como estudo de caso, terá como um dos resultados a construção de metodologia para a abordagem de documentos dessa natureza visando seu tratamento arquivístico.

Debate

13h30-16h – Mesa-Redonda Ações de Preservação e Acesso

Mediadora: Renata Borges

Preservação de filmes da saúde: o acervo da COC – Juçara Palmeira (SAH/DAD)

Apresenta a formação do acervo audiovisual do DAD, seu tratamento arquivístico, formatos presentes no acervo e procedimentos empregados para restauração. Haverá exibição de trechos de filmes do acervo.

O acervo da COC e os desafios contemporâneos em história oral – Laurinda Rosa Maciel (SAH/DAD)

Aborda a constituição do acervo de história oral da Casa de Oswaldo Cruz, que atualmente reúne cerca de 4 mil horas de gravações oriundas de projetos de pesquisa, solenidades e doações. Aponta aspectos importantes que fazem parte da metodologia nos últimos anos, como as questões tecnológicas derivadas do avanço da digitalização ou os comitês de ética em pesquisa e a publicização dos depoimentos ao público.

Acondicionamento de acervos arquivísticos: algumas possibilidades – Ana Roberta Tartaglia, Nathália Serrano, Rose Oliveira (Serviço de Conservação de Documentos – SC/DAD)

Expõe soluções de acondicionamento utilizadas pela SC em seu cotidiano, algumas desenvolvidas pela equipe a partir das peculiaridades do acervo e outras encontradas na literatura especializada.

Base Arch: repositório de descrição arquivística da Casa de Oswaldo Cruz – Felipe Vieira (SAH/DAD)

Expõe breve histórico e recursos da Base Arch, repositório de informações sobre o acervo arquivístico sob a guarda do DAD. Desenvolvida pela COC desde 2009 como uma versão customizada do AtoM, a Base possui mais de 30 mil registros de descrição arquivística.

Debate


Compartilhe

Facebook Twitter Google Plus E-mail Imprimir